Intensificação de rondas foi um dos assuntos mais discutidos durante reunião ordinária do Conseg

Benedito Souza Ferreira, o Dito Maguila, na condição de presidente do Conseg, comandou a reunião ordinária desse mês de outubro, a qual aconteceu na noite do último dia 10 nas dependências da Câmara Municipal de Arujá. Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Civil Metropolitana mandaram representantes, pela ordem, o capitão Anderson Reis Pelegrine, o investigador André Cavalcante e secretário de Segurança Pública de Arujá Washington Adami. Diego Oliveira, comandante da GCM de Arujá, também marcou presença.
Antes de a palavra ser passada para o público, o comandante Pelegrine comentou sobre o roubo de moto ocorrido recentemente na Avenida Mário Covas. Ele orientou para que nesse tipo de flagrante o cidadão acione o 190 ou 153. “Caso isso tivesse sido feito de imediato, poderíamos ter prendido os meliantes. O tempo gasto com a filmagem do vídeo poderia ter sido usado para acionar a polícia”, explicou.

Com a palavra, a população
O senhor Natal, morador do Jacarandás, disse ser contra a instalação de pedágios na Rodovia Mogi-Dutra. Também convidou a população para que participe no próximo dia 21 de outubro de um mutirão do lixo que irá fazer no seu bairro.
Um determinado morador pediu a instalação de câmeras de segurança/muralha eletrônica na Avenida Mário Covas. O secretário de segurança Washington Adami explicou que já existe uma licitação em andamento para a compra de mais de 60 câmeras. “Teremos equipamentos com mais tecnologia, capaz de fazer reconhecimento facial, entre outras coisas. Nossa ideia é colocar ao menos uma câmera de segurança em cada bairro da cidade. Fica aqui registrado também que a partir do próximo ano teremos especificamente uma ronda escolar”, garantiu fazendo questão de ressaltar que a cidade de Arujá tem um prêmio em virtude da integração exemplar entre PM, Civil e GCM.
Uma moradora do Jordanópolis perguntou se existe algum projeto por parte do Executivo para instalação de câmeras no bairro. Washington reiterou que a sua ideia é instalar pelo menos uma em cada bairro de Arujá. Portanto, existe sim esse projeto, principalmente na Avenida Adília Barbosa Neves e interligações com a Rodovia Presidente Dutra, usada como rota de fuga pelos meliantes. A mesma moradora também fez mais um pedido: intensificar as rondas em horários estratégicos.
Mais uma voz feminina clamando por melhorias, dessa vez no Bairro dos Barbosas, próximo ao Centro da Cidade. Ela disse que numa determinada praça ocorre consumo de drogas, entre outros delitos. Ela também pediu rondas na Avenida Mário Covas, pois utiliza essa via para fazer exercícios/caminhadas e informou que tem sofrido assédio sexual por parte de homens que trabalham em empresas instaladas na região. Capitão Pelegrine orientou para que, quando isso ocorrer, ligue imediatamente para o serviço 190. Uma moradora do Centro fez questão de agradecer às forças de segurança da cidade, pois quando precisou foi prontamente atendida.
Um representante do bairro Penhinha disse estar tentando fazer com que os moradores do bairro usem o 190 para fazer denúncias e acreditem nesse canal da PM. Pediu diversas melhorias para o bairro, em especial uma câmera de monitoramento.
Um munícipe que reside no Jordanópolis aproveitou a oportunidade para fazer agradecimentos. Comentou que a segurança no bairro melhorou muito, principalmente depois que foi instalado o serviço Vizinhança Solidária. Ele também solicitou à diretoria do Conseg para verificar a possibilidade de agendar uma reunião no bairro. Na opinião desse morador, o encontro será importante para esclarecer à população de que forma agir para acionar as forças de segurança do município.
Uma moradora do Jardim Rincão relatou que os furtos têm sido frequentes no bairro e que algo precisa ser feito para transmitir segurança aos moradores. Ela pediu mais rondas, aliás, nessa reunião, o que mais se pediu foram rondas mais efetivas.
Em nome da Polícia Civil falou André Clemente, que colocou a instituição à disposição da população e ressaltou o excelente trabalho de integração desenvolvido na cidade entre as polícias Militar, Civil e GCM.
O secretário de Segurança Pública Washington, por sua vez, pediu para que a população acione a Ouvidoria da Prefeitura Municipal de Arujá, não só para reclamar de segurança, como também outros assuntos que interferem no cotidiano dos arujaenses.

Reunião com o prefeito Dr. Luis Camargo
Na última terça-feira, 17, a diretoria do Conseg se reuniu na sede do Poder Executivo com o prefeito Dr. Luis Camargo e o seu secretário de Governo, Rogério Gonçalves Pereira, o Rogério da Padaria, para solicitar diversas melhorias na cidade, tais como iluminação pública, troca de lâmpadas/braços, CEP para melhor localização de ruas/ logradouros, limpeza de mato em terrenos baldios, diversas melhorias em especial para o bairro Jaracandás, entre outras solicitações. Na condição de presidente do Conseg, Dito Maguila também entregou um ofício para o prefeito solicitando que interfira junto ao Governo do Estado de São Paulo para que seja ampliado o quadro de promotores públicos em Arujá. Atualmente são apenas três, e a cidade pode comportar até sete, segundo informações de Dito Maguila, o qual entregou outro ofício onde pede para que Arujá receba mais delegados de polícia civil.
Na sua justificativa Dito Maguila explica que em 2022 a cidade contava com três delegados e atualmente só tem um. “É inviável um profissional dar conta de uma cidade com cerca de 100 mil habitantes; é impossível atender a todas as demandas, o que acaba acarretando em carga excessiva de trabalho, isso é desumano e a população acaba sendo prejudicada”, desabafou Maguila.
O presidente do Conseg ressaltou que a reunião foi bastante produtiva e que o prefeito Dr. Camargo se mostrou disposto a ajudar em tudo que for possível para atender às demandas de reclamações da população, todas elas registradas em atas das reuniões do Conseg. “Ficamos satisfeitos com o acolhimento do prefeito, ele nos recebeu muito bem e já determinou que algumas providências fossem tomadas de imediato no mesmo dia da reunião. Temos certeza de que dentro em breve a população ficará mais segura com todas as medidas que deverão ser tomadas”, concluiu.

Compartilhar

Mais notícias

CEO da Yellow Imóveis recebe moção de parabenização da Câmara de Arujá

Com a Casa de Leis lotada, a empresária Paula Fernanda, CEO da Yellow Imóveis, recebeu na última segunda-feira (8), a […]

Técnicos da região iniciam capacitação do Programa Cidades Sustentáveis

Prefeitos e gestores dos municípios do CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê reuniram-se na última quarta-feira […]

Acusado de furtar farmácia é preso no Centro de Arujá

Um homem foi preso na tarde de ontem (14), na Avenida João Manoel, área central de Arujá, acusado de furtar […]

Arujá abre inscrições para cursos gratuitos de inglês e espanhol voltados a pessoas ligadas ao turismo

A Prefeitura de Arujá, por meio da Escola de Turismo e em parceria com a Wizard Idiomas, está com vagas […]