Simulado de acidente com produto perigoso é realizado pela concessionária SPMar em Arujá

Treinamento tem o objetivo de agilizar o atendimento de ocorrências e proporcionar um serviço mais assertivo

A concessionária SPMar realizou ontem (25), um simulado de acidente com carga perigosa e múltiplas vítimas no município de Arujá, altura do km 128, sentido interior, do Rodoanel Mário Covas (SP-021). Previsto nos contratos de concessão rodoviária, o exercício é realizado pelo menos uma vez por ano por cada uma das 20 operadoras do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado, sob supervisão da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).
O simulado contou com a participação de diversos profissionais da concessionária e de outros órgãos, como Polícia Militar Rodoviária (PMRv), Corpo de Bombeiros, CETESB, SAMU, Comando de Aviação da Polícia Militar de São Paulo, Defesa Civil, entre outros. Os exercícios envolvendo produtos perigosos são práticas essenciais e têm como intuito promover o aprimoramento das equipes operacionais e dos recursos de socorro, assistência e segurança.
Na atividade da SPMar foi encenada um acidente envolvendo três veículos: um automóvel com três ocupantes, outro com dois ocupantes e uma carreta com Ácido Sulfúrico (PP ONU 1831). O veículo com três ocupantes colidiu com o outro, que por sua vez atingiu a carreta. Diante da colisão, houve capotamento por parte do do primeiro automóvel, além disso, o condutor do segundo foi ejetado e o passageiro ficou no interior, havendo vazamento de produto na carreta.
No total, o acidente deixou seis vítimas, entre elas duas leves, uma moderada, duas graves e uma ilesa.
Para a realização da atividade, a concessionária mobilizou diversos veículos como ambulância, guinchos e viaturas de inspeção de tráfego.

Entenda como funciona o simulado
Como forma de agilizar o atendimento de ocorrências nos 11,1 mil quilômetros de malha viária sob concessão no Estado de São Paulo, os simulados reproduzem um acidente real. A equipe da Diretoria de Operações (DOP) da ARTESP avalia in loco o atendimento disponibilizado pelas concessionárias, fazendo sugestões e exigindo melhorias, quando necessário. As equipes operacionais são preparadas para realizarem atendimento de excelência e agilidade mesmo em condições extremas ou de emergência, além de se preocuparem com a preservação do meio ambiente (nos casos em que há derramamento de cargas ou mesmo agressões aos recursos naturais). O exercício envolve ainda diferentes equipes operacionais, como Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Rodoviária, GRAU, SAMU, Cetesb, entre outros.

Compartilhar

Mais notícias

Arujá deve manter ritmo de crescimento e aumentar arrecadação para 2024

Arujá deve manter o ritmo de crescimento econômico registrado nos últimos anos e confirmar, mais uma vez, um aumento considerável […]

Reivindicações por tolerância e igualdade marcam Sessão Solene de 8 de março

A celebração do 8 de março – Dia Internacional da Mulher – na Câmara de Arujá foi marcada por manifestações […]

Unidade móvel do ‘Saúde nos Bairros’ atende ao bairro Cachoeira, Estância Pacaembu e região nesta quinta-feira (21)

Nesta quinta-feira (21), a unidade móvel do programa municipal “Saúde nos Bairros” atenderá ao bairro Cachoeira, Estância Pacaembu e adjacências. […]

Sucesso: em uma noite de glamour, quase 600 convidados abrilhantaram a Festa Destaque 2024

A Empresa Jornalística e Editora Estevo Diniz, responsável pela publicação do Jornal da Cidade, Revista Destaque e Revista Condomínios, realizou, […]