Energia desviada nos primeiros 9 meses de 2022 em Arujá é suficiente para abastecer a cidade inteira de Santa Isabel por 10 dias

Segundo divulgou a distribuidora de Neoenergia Elektro na última quinta-feira (03) só nos nove primeiros meses do ano, a distribuidora recuperou 35,2 milhões de kWh, o suficiente para abastecer, por exemplo, toda a população da cidade de Campos do Jordão pelo período de 100 dias.
Para se chegar a essa marca, a empresa disse que foram realizadas mais de 77 mil atuações de prevenção e combate aos desvios de energia, como fiscalização (30 mil), substituição de medidores (36 mil) e ainda foram realizadas mais de 11 mil regularizações de clientes clandestinos.
Esse resultado foi alcançado, principalmente, pelo uso de tecnologias de campo, como a instalação de sensores na rede, a manutenção da telemedição nos maiores consumidores e pelo uso de inteligência interna para cruzamento de dados. Além disso, a população também vem se conscientizando quanto aos riscos do furto de energia e quanto aos prejuízos que essa prática causa.
De acordo com a Elektro, é importante ressaltar que no período de janeiro a setembro, a concessionária realizou 940 inspeções somente em Arujá. Os bairros com maior número de fraudes identificadas foram: Pedreira, Portão e Centro. A distribuidora recuperou o montante de 6,1 milhões de kWh, o que é possível abastecer 35 mil residências por um mês ou o município de Santa Isabel durante 10 dias, e identificou 110 ligações clandestinas.
Para os próximos três meses, a empresa intensificará as ações de campo com o foco no combate ao furto de energia.

Segurança
A utilização de gambiarras para garantir o fornecimento de energia elétrica é contra a lei e extremamente perigoso. Esses tipos de intervenções na rede de distribuição, sem os devidos cuidados com o uso dos equipamentos de segurança, sem atender as normas do setor elétrico e sem a utilização de profissionais capacitados, podem ocasionar acidentes e incêndios, além de sobrecarga e de interrupção do abastecimento.

Denúncia
Os desvios de energia prejudicam todos os clientes, já que promovem modificações inapropriadas na rede, trazendo riscos à vida, e parte do valor da energia furtada acaba sendo pago entre todos os consumidores. Por isso, a Neoenergia Elektro reforça a importância de denunciar fraudes. As denúncias são feitas, de forma anônima, na central de atendimento, pelo 0800 701 01 02.

Compartilhar

Mais notícias

Arujá bate recorde de carteiras assinadas no município, com mais de 30 mil empregos, e 34,7% de pessoas ocupadas

“Quando a gente assumiu a Prefeitura de Arujá, existiam grandes ‘gargalos’ na nossa cidade e, graças ao apoio da população, […]

Yellow Imóveis e Helbor celebram parceria e expandem oferta de empreendimentos no Alto Tietê e na Capital

A renomada imobiliária Yellow Imóveis e a gigante incorporadora Helbor anunciaram na última terça-feira (31), uma parceria estratégica que promete […]

Divinei utiliza emendas para reforçar política de apoio à causa PCD e para pavimentação de vielas nos bairros Mirante e Jd. Pinheiro

O vereador Divinei da Silva (PL) protocolou 13 alterações em forma de emendas impositivas e modificativas à Lei Orçamentária Anual […]

Leilão do Rodoanel Norte é vencido pela Appia; malha viária vai valorizar Arujá e o Alto Tietê

O Governo de São Paulo concedeu o Trecho Norte do Rodoanel à iniciativa privada na última terça-feira (14). O lote […]