Quase 300 doses da vacina contra Dengue já foram aplicadas em Arujá

Iniciada na última terça-feira (20), as equipes da Saúde da Prefeitura de Arujá já aplicaram 285 doses da vacina contra Dengue. De acordo com o Ministério da Saúde, nesta primeira fase o imunizante é destinado para crianças de 10 e 11 anos de idade.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, foram recebidas 2.343 doses do imunizante Qdenga, que está disponível em todas as Unidas Básicas de Saúde (UBSs) e também no Centro de Especialidades Médicas (CEM), das 8 às 16 horas. Para receber o imunizante é necessário o acompanhamento do responsável, a apresentação da caderneta de vacinação e um comprovante de endereço.
O chefe do Executivo Municipal, Luis Camargo, o Dr. Camargo, ressaltou: “A cidade de Arujá está enfrentando bem este problema. Mas continuo recomendando tomar cuidado com o pratos das plantas e o acúmulo de água parada nos quintais, porque, em mais de 70% dos casos, as pessoas são contaminadas dentro da própria casa”, disse o prefeito.
O secretário de Saúde de Arujá, Leonardo dos Reis, falou sobre a faixa etária atendida: “Serão contempladas crianças de 10 a 14 anos de idade, sendo que as doses serão liberadas gradativamente pelo Ministério da Saúde. Então, neste primeiro momento, pessoas de 10 e 11 anos estão sendo contempladas”, comentou o representante da pasta.
Em um encontro ocorrido no último dia 16/02, que reuniu técnicos da Secretaria de Estado da Saúde e representantes das cidades, foram passadas as instruções para promover a imunização, incluindo as regras para armazenamento, manipulação e aplicação das doses, procedimentos descritos na Nota Técnica do Ministério da Saúde.

Todos contra Dengue
No último sábado (17), a Prefeitura de Arujá deu início a uma série de mutirões que serão realizados na cidade, visando o combate à proliferação do mosquito Aedes Aegypti, causador da dengue e outras doenças. Na ação, foram mobilizados mais de 20 veículos e mais de 100 profissionais das Secretarias de Serviços, Segurança e Saúde, que estiveram no Parque Rodrigo Barreto, Centro Residencial, Center Ville e região, levando orientação porta a porta, nebulização com inseticida e recolhendo materiais inservíveis com a operação Cata-Treco.
É de suma importância que a população fique atenta aos primeiros sintomas de contágio da doença e que procure atendimento médico ao perceber dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, manchas vermelhas, coceira na pele, febre alta e dor de cabeça. Em casos mais graves, pode ocorrer dor abdominal, vômitos persistentes, sonolência, irritabilidade, hipotensão, tontura e sangramentos no nariz e gengivas.

Confira o cronograma completo da ação de combate ao mosquito em Arujá:
24/02- Arujamérica, Real, Mirante, Jardim Pinheiro e Região;
02/03- Jardim Emilia, Jardim Jóia, Primavera, Cerejeiras e Região;
09/03- Centro, Jd. Rincão, Fazenda Rincão, Jordanópolis, Jardim Real, Jardim Nova Arujá, Portão, Fontes e Região.

Compartilhar

Mais notícias

O sim de Alessandro e Bárbara

Sob as bênçãos de Deus e dos orixás, o casal Bárbara Camila e Alessandro Fiorin disseram o tão sonhado sim […]

Alto Tietê: 2ª Conferência Regional da Advocacia ocorre em Guarulhos na próxima sexta

A Ordem dos Advogados do Brasil seção São Paulo (OAB SP) promove, no próximo dia 31 de março, em Guarulhos, […]

Arujá conquista pela primeira vez o certificado da qualificação I do Programa Município Verdeazul (PMVA) 2021

O município de Arujá conseguiu, pela primeira vez, uma importante certificação na manhã desta segunda-feira (22) na sede da Secretaria […]

Arujá terá Gabinete de Gestão Integrada dentro do Programa “Arujá + Seguro”

Na última terça-feira (24) foi decidida, em reunião, a criação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), dentro do Programa Municipal […]