Terminal Rodoviário do Barreto é entregue a população

A Prefeitura de Arujá entregou no último dia 25, o Terminal Rodoviário Joaquim José de Macedo, o Joaquim do Barreto.
Localizado na esquina da avenida Railda Alves de Oliveira com a rua Trinta e Seis, o ponto de embarque rodoviário comportará a operação de até 70 ônibus e beneficiará cerca de 3,5 mil passageiros por dia.
O empreendimento conta com uma área aproximada de 3.300 m², sendo 565 m² de área construída, com bancos, área coberta, banheiros feminino, masculino e acessível, rampa de acessibilidade, monitoramento com câmeras, almoxarifado e administração. Com parte da obra custeada por emenda parlamentar do deputado federal Alencar Santana, a obra permite a descentralização da Rodoviária de Arujá, localizada na região central, diminuindo e/ou facilitando o percurso da população de Arujá com as 11 linhas que passarão pelo novo terminal.
“Esse é um dia de comemoração para Arujá e, especialmente, para o Barreto, pois a gente falou que ia fazer e entregar para a população e estamos entregando”, comentou o prefeito Luis Camargo, o Dr Camargo.
O chefe do Executivo Municipal afirmou ainda que próximo ao local será construída uma escola para 600 crianças em período integral e será entregue, em breve, o campo do Barreto ao lado do terminal, que tem uma área também para futura ampliação pela EMTU.
O Terminal Rodoviário do Barreto, entregue nesse sábado, já está em funcionamento e comportará 11 linhas de ônibus, tanto municipais como intermunicipais, sendo as municipais: 07 – Barreto Via Pilar; 08 – Pilar Via Barreto; 09 – Barreto/Rincão; 15 – Barreto (Expressinho) ou Expresso Barreto e 01 – São Domingos. Já as linhas intermunicipais que passarão pelo local são: 75 – Barreto/ São Miguel Paulista; 480 – Barreto/ Poá; 273 – Barreto/ Suzano (Via Pinheiro); 530 – Barreto/Armênia; 537 – Barreto/Guarulhos (Praça Santa Mena) e 807 – Barreto/Armênia (Via Expresso).
Na ocasião, que contou com homenagem à família de Joaquim do Barreto e descerramento da placa inaugural, teve a presença da primeira-dama Clau Camargo, do vice-prefeito Betinho, vereadores (representaram a Câmara no.discurso o presidente Reynaldinho e o vereador Genilson Moto), além de secretários (representados pelo de Governo Rogério da Padaria) e a população.

Quem foi Joaquim do Barreto
Joaquim José de Macedo, mais conhecido como Joaquim do Barreto, chegou a Arujá em 1991, no bairro Parque Rodrigo Barreto, e foi uma importante liderança comunitária. Ajudou a fundar a Associação Movimento de Moradores do Parque Rodrigo Barreto, onde foi presidente e 1º secretário e lutou por melhorias para o bairro, como linhas de ônibus diretas para cidades como São Paulo, Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Guarulhos.
Joaquim do Barreto também ajudou na construção da Igreja Nossa Senhora Aparecida e participou de ações civis públicas, bem como foi vereador de 2000 a 2004 e, em 2006, colaborou com Plano Diretor da Cidade.
Faleceu em 31 de maio de 2021, deixando um legado de serviço e importância para toda a comunidade do bairro mais populoso de Arujá.

Compartilhar

Mais notícias

Cerimônia de Diplomação e Posse dos Vereadores Mirins será realizada na próxima quarta-feira

A cerimônia de Diplomação e Posse dos Vereadores e das Vereadoras Mirins, eleitos na edição de 2024, será realizada na […]

Itaquá anuncia três obras de infraestrutura que somam R$ 24,6 milhões

A semana começou com grandes novidades em Itaquaquecetuba. A Prefeitura de Itaquaquecetuba, por meio da Secretaria de Obras e em […]

Prefeitura de Arujá intensifica campanha de combate à Dengue

A Prefeitura de Arujá vem realizando, junto à Secretaria Municipal de Saúde, pelo setor de Zoonoses, a “Operação Bairro Limpo”. […]

Instituto VivArujá é declarado como de utilidade pública

O Instituto VivArujá, associação sem fins lucrativos que atua no município e na região do Alto Tietê, foi declarada como […]