Acusado de roubo em Arujá e preso em Itaquaquecetuba horas depois

Um rapaz de 29 anos foi preso na tarde de ontem (27) em Itaquaquecetuba, acusado de ter praticado um assalto em Arujá e feito refém. Outras três pessoas que também agiram no roubo são procuradas pela polícia. Dois suspeitos chegaram a ser presos em São Paulo, mas, por falta de provas foram liberados.
De acordo com a ocorrência registrada pela Polícia Militar, um comunicado via Copom (Central de Operações da Polícia Militar) narrava que um possível roubo, com restrição de liberdade da vítima, havia ocorrido no Parque Rodrigo Barreto. Segundo a informação passada, a pessoa foi abordada por quatro indivíduos que dirigiam uma caminhonete S10. Ela foi tirada de seu carro, um Nissan Kicks, que passou a ser conduzido pelo suspeito, enquanto outros três ficaram com ela no outro veículo.
A S10 foi avistada na Rua Dom Pedro II, em Itaquaquecetuba, quando a vítima era colocada para fora do carro. Enquanto uma viatura socorria a vítima, outra guarnição continuou a perseguição ao outro carro conduzido pelo acusado. Poucos metros depois, ao tentar fugir a pé, rapaz foi capturado pela polícia.
Ao ser questionado, o acusado passou um nome falso de Luis Henrique, porém, depois foi identificado como Cristiano Souza. Segundo a polícia, o acusado disse que passou o nome falso, pois achava que estaria sendo procurado.
Continuando as averiguações, a polícia chegou a outros dois indivíduos, que poderiam estar envolvidos no assalto, porém, não foram reconhecidos e apresentaram álibis, sendo então liberados para investigações posteriores.
A vítima contou à polícia que após ser abordada e colocada no automóvel utilizado pelos assaltantes, uma das duas pessoas que ficaram ao seu lado estava o tempo todo com uma arma de fogo. Eles disseram que levariam o carro dela e que queriam dinheiro, por isso abriram sua bolsa e pegaram os cartões, exigindo que passasse as senhas dos mesmos. O restante do bando conseguiu levar anéis, um aparelho celular e um cartão bancário da vítima.
Cristiano, reconhecido pela vítima, foi preso em flagrante e permanece à disposição da Justiça.

Compartilhar

Mais notícias

Vereadores cobram mais rigor na fiscalização de ocupações em áreas rurais em Arujá

A secretária municipal de Meio Ambiente, Andreia de Oliveira Assis, compareceu à Câmara de Arujá para prestar esclarecimentos sobre o […]

Vagas abertas para o curso gratuito “Oficina Descomplique – Empreenda Rápido”

Uma grande oportunidade para quem deseja empreender! A Prefeitura de Arujá, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, está […]

Gabriel propõe emenda para criação de serviço de endoscopia na Maternidade

O vereador Gabriel (PSD) apresentou oito emendas impositivas à Lei Orçamentária Anual (LOA) 2023. Entre as prioridades está a implantação […]

Vielas do Mirante ganham corrimãos

A comunidade do bairro Mirante, em Arujá, já pode desfrutar de uma importante conquista para a segurança e acessibilidade local: […]