Arujá será contemplada com 150 casas do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’

“Pela primeira vez na história da cidade, Arujá será contemplada com o Programa Habitacional ‘Minha Casa, Minha Vida’ do governo federal. Como sempre afirmo: ‘Nosso partido é Arujá’ e, por isso, não medimos esforços para melhorar a qualidade de vida de nossa população, na certeza de que esta data (quarta-feira, 22), entrará na história de muitas famílias arujaenses que sonham com a casa própria”, comemorou o prefeito Luis Camargo, o Dr Camargo, ao retornar do Palácio do Planalto, em Brasília, onde recebeu a boa notícia ao lado de outros prefeitos e parlamentares.
O chefe do Executivo Municipal detalhou que, nessa primeira etapa do programa, serão construídas 150 moradias para os munícipes de Arujá e que estas serão destinadas a moradores de baixa renda, em um projeto moderno, contando cada casa com dois dormitórios, sala, banheiro, cozinha e varanda, para garantir o conforto dos arujaenses.
Além disso, foi firmado, na ocasião, um importante convênio com a Academia Brasileira de Letras (ABL), com um diferencial, que garantirá o funcionamento de uma biblioteca exclusiva para o futuro núcleo habitacional.
“Vamos assegurar que as residências sejam construídas em local com toda a infraestrutura para os moradores, com proximidade a equipamentos de saúde, educação, lazer e, também, transporte público para a comunidade. E mais: vou assegurar que toda mão de obra para a construção das casas seja formada por trabalhadores arujaenses, sempre buscando prezar por mais emprego e renda na nossa cidade”, anunciou o prefeito Dr Camargo.
Ele parabenizou o time técnico do setor de Convênios da Prefeitura de Arujá, pela dedicação e competência na elaboração dos projetos necessários para a inscrição do município no programa federal. Ele externou ainda gratidão, em especial ao deputado federal Alencar Santana, que deu apoio à causa, abrindo as portas em Brasília para essa importante conquista.

Propostas selecionadas
A Agência Brasil informou que o governo federal anunciou na quarta-feira (22) a primeira seleção de propostas para o programa Minha Casa, Minha Vida. Essa etapa está direcionada à Faixa 1 do programa, para famílias com renda mensal de até dois salários mínimos, ou R$ 2.640. O anúncio das propostas selecionadas é a primeira etapa do processo de implementação do programa, que é realizado em parceria com o Ministério das Cidades.
As propostas selecionadas terão prazo de 150 dias para serem contratadas. O processo selecionou 187,5 mil novas unidades habitacionais em 560 municípios. Dessas, 184 mil unidades serão destinadas a famílias integrantes dos cadastros habitacionais, em todos os estados. As outras 3 mil unidades serão destinadas a famílias que tenham perdido seu imóvel por emergência ou estado de calamidade pública ou pela realização de obras públicas federais nos estados do Acre, Amazonas, Pernambuco, Rio Grande do Sul e São Paulo.
A construção das moradias, com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), deverá atender às novas regras estabelecidas após a retomada do programa. Nas próximas semanas, o Ministério das Cidades deverá publicar um edital exclusivo para a seleção de propostas em municípios com menos de 50 mil habitantes.

Compartilhar

Mais notícias

Consórcios de municípios se unem contra perdas na Educação

Os consórcios da Região Metropolitana de São Paulo e da Capital paulista uniram forças para encontrar saídas contra as perdas […]

PRF apreende 5 tabletes de pasta base de cocaína em Arujá

Na última terça-feira (17), durante fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no km 204 da BR 116, Via Dutra, no […]

Crianças do CCCA de Arujá são premiadas por criatividade

Imagine um mundo em que o lixo se transforma em arte, onde a criatividade e a consciência ambiental caminham juntas. […]

Casamento comunitário já tem data: 6 de novembro

Pode anotar na agenda: o Casamento Comunitário de Arujá será realizado no dia 6 de novembro. A data foi definida […]