CONDEMAT e DAEE reforçam ações de combate às chuvas

Reunião debateu iniciativas e projetos para minimizar os impactos das cheias na região

O reforço das ações para combater e minimizar os efeitos do período de chuvas na região foi o centro da reunião do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (CONDEMAT) e o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), na última segunda-feira (09), no Centro Tecnológico de Hidráulica da Universidade de São Paulo (USP), na Capital. No encontro as cidades apresentaram as iniciativas e os projetos que estão em andamento para enfrentar os meses que registram altos volumes de chuvas e causam grandes impactos. A superintendente do DAEE, Mara Ramos, destacou a necessidade de atenção e união de esforços, visto a previsão de chuvas acima da média entre outubro e dezembro. “Precisamos estar atentos a esse período mais crítico. Estamos em alerta e vamos continuar trabalhando junto com os municípios para encontrar soluções, que sabemos que são sempre complexas, mas atuando de maneira integrada é possível desenvolver planos que ajudarão toda região”, ressaltou. Além de ações pontuais, como o desassoreamento do Rio Tietê, que está para começar, o Estado anunciou outras estratégias para ajudar no planejamento das iniciativas de prevenção e combate aos efeitos das chuvas. Entre elas está o Mapeamento Aerofotogramétrico, iniciativa do Instituto Geográfico e Cartográfico do Estado de São Paulo (IGC) que deve ser lançada em março de 2024. A nova cartografia possibilitará o mapeamento das áreas de riscos como os pontos propensos a inundações e escorregamentos, o que colabora para que as cidades direcionem ações para esses lugares. No momento, toda a área da Região Metropolitana, o que inclui os municípios do consórcio, já foi sobrevoada para obter as imagens. Outra ferramenta é o Sistema de Informações Metropolitanas e Municipais (SIMM) que integrará os dados das cidades e do Estado para planejar ações conjuntas. O sistema contará com informações sobre assentamentos precários e a classificação de risco dos pontos, o que possibilitará intervenções mais precisas das administrações públicas. Representando o Conselho de Prefeitos do CONDEMAT, Vanderlon Gomes, prefeito de Salesópolis e presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê (CBH-AT), falou da importância da atuação do grupo de trabalho dos municípios do Alto Tietê e o DAEE, que desde o início do ano se reúne mensalmente. “A iniciativa do DAEE de abrir as portas para os municípios discutirem de perto os problemas e soluções que decorrem das chuvas é essencial para reforçarmos as políticas públicas de enfrentamento”, reforçou. Ao longo do ano os municípios promovem uma série de ações e obras para combater os efeitos das cheias, como a limpeza de bocas de lobo, córregos e rios. Essas iniciativas são reforçadas entre o fim e o início do ano com o Plano Verão, medida adotada pelos municípios que integra diversas secretarias e órgãos públicos para atuar nos meses que registram alto volume de chuvas. As ações aplicadas pelas cidades do CONDEMAT foram apresentadas pelo Coordenador da Defesa Civil de Itaquaquecetuba, Anderson Marchiori Silva. “Os municípios fazem uma grande força tarefa para evitar e combater as consequências das chuvas e o apoio do Governo do Estado é muito importante, seja para a conquista de recursos, apoios ou parcerias. Exemplo disso é o desassoreamento do rio Tietê, que vai colaborar para evitar situações graves, como as enfrentadas no início deste ano”, analisou. O encontro contou com as presenças de representantes dos municípios de Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis e Suzano, além do assessor-chefe da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Eduardo Trani e equipe técnica do DAEE. Capacitação Na reunião, a superintendente do DAEE apresentou ao presidente do CBH-AT o espaço onde será instalada a Escola da Água, serviço que funcionará na USP a partir do próximo ano. A iniciativa do DAEE visa capacitar prefeitos e técnicos para falar da história das águas no Estado de São Paulo e ajudar no entendimento das ações de preservação dos mananciais.

Compartilhar

Mais notícias

Arujaense Everton Ribeiro é escalado para Copa do Mundo no Catar

O técnico Tite anunciou ontem (07), na sede da CBF, no Rio de Janeiro, os 26 jogadores que vão defender […]

Procon de Itaquá orienta consumidores sobre compra de materiais escolares

Com a aproximação do ano letivo de 2024, o Procon de Itaquaquecetuba preparou uma série de orientações com dicas importantes […]

Sala do Empreendedor comemora um ano alavancando o Desenvolvimento e a geração de Emprego e Renda

Em 19 de novembro, dia em que se comemorou o Dia do Empreendedorismo Feminino, completou-se também 01 ano desde a […]

Sabesp: Prefeitura pede urgência em obras para melhorar o abastecimento de água em Arujá

A Gerência Executiva da Sabesp, atendendo solicitação da Prefeitura de Arujá, compareceu em peso nesta semana em reunião no gabinete […]