Conseg volta a se reunir no CEU Cerejeiras e população pôde fazer cobranças às autoridades

Três meses depois a reunião ordinária do Conseg voltou a ser realizada no CEU Cerejeiras, em Arujá, na noite fria da última terça-feira, 13. Benedito de Souza Ferreira, o Dito Maguila, presidiu a reunião e teve ao seu lado na mesa de trabalhos as seguintes autoridades: Washington Adami, secretário de Segurança Pública de Arujá; Diego S. Oliveira Silva, comandante da Guarda Civil Municipal de Arujá; Capitão Anderson Reis Pelegrine, comandante da Polícia Militar de Arujá; Erick de Oliveira, administrador da Regional do Jardim Emília; Dr. Elói Rodrigues de Ávila, representante da OAB Arujá; e os vereadores Luiz Fernando Alves de Almeida e Uelton de Souza Almeida (ambos do PSDB), representantes do Poder Legislativo local.

As cobranças da população
A exemplo do que ocorreu na reunião de março, a população cobrou novamente as autoridades presentes. As queixas mais comuns foram de tráfico de drogas nas proximidades das escolas e creches, falta de iluminação pública em alguns pontos que gera insegurança, furtos e roubos, pedido de rondas na região, entre outras reclamações.
Foram citados furtos de fiação de iluminação na passarela sobre a Via Dutra no Jardim Emília, arrastão em pontos de ônibus no CDHU e a insegurança dos alunos ao saírem das escolas em virtude da falta de rondas escolares. Sobre drogas, um determinado morador comentou que o tráfico acontece “a céu aberto” e a poucos metros das unidades de ensino. Outra moradora pediu para que as polícias façam rondas em horários estratégicos e que bases móveis sejam instaladas na região para inibir a ação dos bandidos. “Somos reféns deles, infelizmente”, desabafou.
Também teve reclamação no sentido da burocracia em se registrar Boletins de Ocorrência no DP de Arujá. E esse tipo de situação acaba fazendo com que a população não faça os devidos registros e os quais são de suma importância, pois através deles as polícias tomam as ações necessárias para cada bairro/região. O serviço de lixo também entrou em pauta naquela reunião. Foi dito que os funcionários por vezes deixam lixo espalhado pelas ruas e avenidas.
Reclamaram também da demora para atendimento do 190, assaltos na região da Penhinha, falta de iluminação pública, lâmpadas de LED com baixa voltagem.
Respostas das autoridades
Washington Adami foi o primeiro a falar. Disse que a GCM recebeu acréscimo de 50% no seu efetivo e que agora estão passando por treinamento, o qual é bastante longo e complexo. “Acreditamos que em novembro próximo os novos guardas (homens e mulheres) já estarão atuando, o que será um reforço bastante importante para a segurança da população”. O secretário de Segurança também comentou que a Central de Monitoramento será reinaugurada no próximo dia 26 de junho. “São 145 câmeras monitorando a cidade”, comentou. Mas voltou a pedir para que a população não deixe de registrar os Boletins de Ocorrência. “Com essas ações iremos minimizar as ocorrências na cidade, mas não há como zerar, isso é utopia”.
Antes de se ausentar em virtude de compromisso já assumido, Washington Adami informou que em breve todas as escolas do município serão monitoradas. Ele também acenou para a possibilidade de que, num futuro próximo, os Boletins de Ocorrência possam ser registrados em Bases Móveis.
Erick de Oliveira usou a palavra logo em seguida. Reconheceu que a iluminação pública na região é falha, mas garantiu que até agosto próximo todas as lâmpadas dos 487 postes existentes serão trocadas por LED. Essa, inclusive, é uma promessa do prefeito Luis Camargo, segundo informações de Dito Maguila, presidente do Conseg. Sobre o furto de fiação elétrica na passarela da Via Dutra, Erick explicou que não pode fazer nada, pois é de competência da Concessionária que administrar aquela rodovia. Porém estão em tratativas com a Concessionária para que o problema seja resolvido o mais breve possível.
Sobre a reclamação da coleta do lixo, ele ficou de verificar e depois dar uma resposta para a sociedade. Falou ainda que existe um projeto para iluminar todas as vielas da região e respondendo a uma determinada moradora, que questionou o investimento com iluminação no Complexo Esportivo Calango (na opinião dela, a prioridade seria corrigir a iluminação pública da região), Erick ressaltou que no Complexo Calango já passaram cerca de 46 mil pessoas desde o início desse ano. “São diversas modalidades esportivas oferecidas para a população. E o esporte é uma forma de tirar as crianças e os jovens das ruas”, justificou o investimento da Administração Municipal.
Os vereadores Luiz Fernando e Uelton Almeida ressaltaram a importância de todos os questionamentos feitos pela população e pediram um pouco de paciência para que as coisas se resolvam. Falaram em nome da Câmara Municipal de Arujá e se colocaram à disposição para atender os moradores, independente do dia e horário. “A Prefeitura e a Câmara estão trabalhando, o prefeito Luis Camargo merece esse crédito. Não vemos essas cobranças com veemência em outros bairros, e isso mostra o quanto a população dessa região está empenhada em cobrar soluções das autoridades”, disseram os parlamentares.
E coube ao Capitão Pelegrine fazer as últimas considerações. “Podem ter certeza que nós brigamos para fazer o melhor. Nós não estamos parados. Somos dinâmicos, não somos estáticos. Contamos com a população para que não deixem de fazer os Boletins de Ocorrência, ligar para o 190 ou o 153 da GCM”. Pelegrine disse que naquela terça-feira, 14, teve reunião de Análise Crítica e que não verificou nenhum furto na região do Jardim Emília. Ou seja, isso reflete na questão de que a população não está registrando os Boletins de Ocorrência e dá a entender que está tudo uma maravilha na região.
“Mas, independente disso, vou pedir reforço de policiamento para essa região. Faremos mais rondas escolares também. As viaturas precisam circular, não gosto de vê-las paradas”, concluiu.

Compartilhar

Mais notícias

Domingo é Dia D de Multivacinação: gripe, Covid-19 e atualização vacinal

Das 8h às 15h deste domingo (04), vacine-se contra a gripe e a Covid-19, além de fazer a atualização vacinal […]

Arujá apresenta república jovem, em parceria com CONDEMAT e Governo do Estado de São Paulo

Na manhã desta quarta-feira (07), a cidade de Arujá sediou o encontro regional entre prefeitos do Consórcio de Desenvolvimento dos […]

1ª Corrida e Caminhada ‘Viva Esporte Arujá’ foi um sucesso

A 1ª Corrida e Caminhada “Viva Esporte Arujá”, que aconteceu na manhã do último domingo (05), com saída da Avenida […]

Arujá prepara mutirão para zerar fila de cirurgias via Cross

A Prefeitura de Arujá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, prepara um mutirão de cirurgias, que terá início em […]