Dia Mundial do Câncer, uma data para refletir como hábitos saudáveis e a prevenção podem salvar vidas

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima que das 7,6 milhões de mortes que ocorrem anualmente no mundo, mais de 1,5 milhões poderiam ser evitadas com hábitos de vida saudáveis, prevenção e diagnóstico precoce.
Para o oncologista clínico Dr. Ricardo Motta, esses índices reforçam a importância de se criar datas específicas para discutir sobre a doença, como o Dia Mundial do Câncer, instituído em 4 de Fevereiro.
“O câncer é um problema de saúde pública mundial e precisa ser amplamente debatido para despertar a consciência nas pessoas sobre a importância do autocuidado, do investimento em políticas públicas, prevenção e tratamento da doença, bem como incentivar pesquisas na área”, acredita o especialista.
Infelizmente, ainda faz parte da rotina do oncologista receber em seu consultório pacientes em estágio avançado da doença. “Quando isso acontece, a sobrevida do paciente diminui, pois o câncer sem tratamento imediato causa outras complicações para o organismo”, alerta.
O diagnóstico tardio do câncer também influencia no tratamento. Quanto mais tempo demora para começar, mais agressivo ele se torna. “Sou cirurgião oncológico e quando o tumor está muito grande, a cirurgia para retirada é bem mais invasiva. O tratamento de quimioterapia e/ou radioterapia também precisam ser mais intensos. Com isso, o paciente fica mais debilitado por conta dos efeitos secundários decorrentes dos procedimentos”, explica.
A receita para a longevidade é simples
A recomendação do oncologista para quem busca por longevidade é bem simples: “hábitos de vida saudáveis, como alimentação, rotina de sono e a prática regular de atividade física são simples e garantem mais qualidade de vida. Ajudam a reduzir os riscos de um câncer, bem como de diversas outras doenças que também matam precocemente, como as vasculares, hipertensão e diabetes”, ressalta.
Segundo ele, esse estilo de vida deve ser associado às visitas regulares ao médico e realizações de exames preventivos. “O câncer pode surgir mesmo com todos esses cuidados. A diferença é que ao manter um estilo mais saudável de vida, seu organismo estará mais forte para combater a doença e com o diagnóstico precoce as chances de cura serão muito maiores”, alerta Dr. Ricardo Motta.

Como se prevenir contra o câncer*

  • Consultas médicas regulares e exames preventivos.
  • Alimentação livre de processados.
  • Prática de atividades físicas.
  • Não fumar e evitar o consumo de bebidas alcoólicas.
  • Evitar e a exposição ao sol entre 10h e 16h.
  • Evitar a exposição a agentes cancerígenos no ambiente de trabalho.
  • Vacinar  meninas e meninos contra o HPV.
  • Vacinar-se contra a hepatite B.

(fonte: https://bvsms.saude.gov.br)

Compartilhar

Mais notícias

Grupo de contingenciamento de chuvas discute ações para prevenção de impactos na cidade

Na tarde da última segunda-feira (30), na Sala de Reuniões da Prefeitura de Arujá, o grupo de contingenciamento de chuvas […]

Proquali e Campanha “Comprar em Arujá dá Sorte” impulsionam economia local

A Prefeitura de Arujá lançou na última terça-feira (29) o Proquali, o Programa Municipal de Qualificação Profissional, para acelerar a […]

CCR RioSP e Instituto CCR fazem campanha para pedestres em Arujá com apoio do Departamento de Trânsito da cidade

A CCR RioSP e o Instituto CCR, em parceria com o Projeto Help e o Departamento de Trânsito de Arujá, […]

Camarada Camarão abre restaurante no Mogi Shopping com pratos inspirados no litoral nordestino

Com um investimento significativo de R$ 5 milhões, o Camarada Camarão inaugurou no último dia 28, um novo restaurante no […]