Prefeitura de Arujá entrega UTI Neonatal; equipamento entrou em funcionamento hoje

Com cinco leitos, sendo um móvel, a Prefeitura de Arujá, comandada pelo prefeito Luis Camargo (PSD), entregou ontem (25), a tão sonhada Unidade de Terapia Infantil (UTI), Neonatal, na Maternidade Municipal Dalila Ferreira Barbosa. O equipamento entrou em operação neste sábado (26), após passar pela limpeza terminal, procedimento de praxe para total desinfecção do ambiente e equipamentos.
Uma demanda antiga da população arujaense, a UTI Neonatal vem dar uma segurança às mamas que ganham seus bebês na maternidade pública da cidade. “A gente inaugura uma nova fase da maternidade de Arujá. Nós torcemos para que não seja utilizada, que todos os bebês não precisem, mas, aqueles que precisarem agora temos. Era uma necessidade antiga, que agora vem dar tranquilidade para aquela mãe arujaense”, disse o prefeito Camargo.
Ao lado do secretário de Saúde, Dr. Leonardo Santos dos Reis, do adjunto da Pasta, Danilo da Silva e do médico Neonatologista responsável, Dr. Tarceu Pinto, o prefeito Camargo disse em coletiva à imprensa que para implantar a UTI Neonatal foram investidos cerca de R$ 963 mil, sendo que deste valor, R$ 200 mil foi de emenda impositiva apresentada pelo vereador Vinícius Henrique Alberto Bernardo (REDE), o Vinícius Pateta. Segundo o secretário de Saúde, o custo mensal da UTI será de R$ 150 mil e será composta de cinco enfermeiros, sete técnicos de enfermagem, quatro fisioterapeutas, um supervisor assistencial, um médico visitador e médico plantonista neonatologista. Ainda segundo Dr. Leonardo, a média de partos mês na maternidade é de 90 nascimentos.
Custeados 100% pelo Executivo Municipal, os cinco leitos são de exclusividade de Arujá, informou o prefeito durante a coletiva. “Evidentemente que não vamos negar atendimento para alguém de fora, mas, esses leitos não entrarão na regulação”, enfatizou Camargo.
Atuando na maternidade de Arujá há cerca de três anos, doutor Tarceu descreveu um pouco da precariedade encontrada ao chegar à maternidade. “Já passei muito sufoco. Hoje temos equipamentos de última geração. Quando cheguei aqui praticamente não tínhamos nada. Incubadora obsoleta, sem aparelho de fototerapia, respirador arcaico, sem condições mínimas de dar assistência ao bebe. Tínhamos a necessidade de transferir urgente para salvar a criança”, relatou o médico.
A solenidade de entrega da UTI Neonatal, além das autoridades citadas, foi acompanhada pelo vice-prefeito, Gilberto Daniel Junior (Podemos), o Betinho, o presidente da Câmara de Arujá, Abel Franco Larini (PL) Abelzinho, João Luiz Soares (PSD), professora Cris do Barreto (PSD), Divinei da Silva (PL), Renan de Arujá (Podemos), pastor Samoel Maia (Republicanos) Reynaldo Gregório (PTB), Reynaldinho e Paulinho Maiolino (PSD).

Compartilhar

Mais notícias

ANTT autoriza construção do trem-bala Rio/São Paulo; Arujá está na rota

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) aprovou o pedido de construção e exploração de uma linha de trem de […]

Lazer de férias: o que fazer em Arujá

Neste mês de janeiro, período de férias escolares, preparamos um roteiro especial para os pequenos arujaenses e suas famílias se […]

BuZum! encena “Perigo Invisível” em Arujá nesta terça-feira

É dentro de seus ônibus-teatro na estrada que a Cia. BuZum! dá vida a bonecos que levam a cultura popular […]

Parque Ecológico de Itaquá recebe o festival de música e gastronomia Sabores Music Fest em comemoração ao Dia do Trabalho

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itaquaquecetuba (Sinseri), com o apoio da Prefeitura de Itaquaquecetuba, promove nos dias 28, […]