Projeto Cine Baú doa acervo de literatura para escola do Barreto

Incentivar a leitura e oferecer a alunos de escolas públicas e pessoas assistidas por entidades assistenciais a oportunidade de mergulhar no mundo do cinema. Essa é a meta do projeto social Cine Baú, que realizou na última quarta-feira (22) a entrega de equipamentos de som e projeção, além de acervos de filmes, livros e audiobooks para CMEI Dona Maria Benedito Garcia, no Parque Rodrigo Barreto, em Arujá.
Realizado pelo Instituto Eco Ambiental e Social, com patrocínio da MAHLE, o projeto também incluiu a capacitação de educadores para o aperfeiçoamento das técnicas de contação de histórias e para a correta utilização dos materiais e recursos do Cine Baú. O objetivo é permitir que as equipes escolares e assistenciais possam aproveitar ao máximo as estruturas, utilizando-as como ferramenta pedagógica na realização de atividades educativas.

O projeto
O Cine Baú é um projeto inovador que incentiva a leitura, promove a magia do cinema, desenvolve atividades de teatro e educação por meio da doação de acervos literários, filmes, materiais lúdicos e oficinas de capacitação de contação de histórias. O projeto tem como objetivo promover o hábito da leitura, democratizar o acesso ao cinema e promover atividades lúdicas.
A estrutura do Cine Baú conta com 100 títulos da literatura nacional e internacional de variados autores, contendo as mais diversas obras infantis e infanto-juvenis, incluindo três livros em braile para usuários com baixa visão ou cegos. Além dos livros, também são disponibilizados mais de 30 títulos em audiobook que podem ser acessados através do tablet.
Além da parte literária, o Cine Baú traz ainda uma estrutura completa de som e projeção e 75 títulos em DVD incluindo clássicos como “O Pequeno Príncipe”, “Moana”, “Mulan”, “Toy Story”, entre outros.
“Uma parte fundamental do projeto Cine Baú é a capacitação de educadores. Estamos empenhados em fornecer as ferramentas necessárias para aprimorar as técnicas de contação de histórias e maximizar o uso eficiente dos recursos do Cine Baú. Nosso objetivo é que as equipes escolares possam integrar plenamente essas valiosas estruturas em suas atividades pedagógicas, enriquecendo o processo educativo de maneira criativa e envolvente”, afirma Patrícia Henrique, presidente do Instituto Eco Ambiental e Social.

Realização
O Cine Baú é realizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Rouanet) pelo Instituto Eco Ambiental e Social (IEAS), com patrocínio da MAHLE. A ação conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Arujá por meio da Secretaria de Educação, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Sobre o Instituto Eco Ambiental e Social
O Instituto Eco Ambiental e Social (IEAS) é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) sem fins lucrativos, que tem como foco a preservação e conservação do meio ambiente e promoção do desenvolvimento sustentável. Saiba mais sobre o Instituto acessando o site www.institutoeco.com.br.

Compartilhar

Mais notícias

Arujá ganha nova Associação que promete fortalecer o comércio da cidade

Na noite da última segunda-feira (19) aconteceu uma cerimônia de apresentação da ACEA (Associação dos Comerciantes e Empreendedores de Arujá). […]

Conselheiros Tutelares tomam posse em cerimônia prestigiada

Os cinco conselheiros tutelares eleitos para o período de 2024 a 2028 e seus respectivos suplentes foram diplomados e empossados […]

Câmara irá inaugurar Procuradoria Especial da Mulher

A Câmara de Arujá vai inaugurar a Procuradoria Especial da Mulher. A cerimônia será realizada na próxima quarta-feira, 31, às […]

Programação do Guararema Cidade Natal começa na próxima terça-feira (5 de dezembro)

Guararema está em contagem regressiva: faltam exatamente 7 dias para o início da programação Guararema Cidade Natal 2023 com diversas […]