Técnicos da região iniciam capacitação do Programa Cidades Sustentáveis

Programa é desenvolvido por meio de parceria entre o CONDEMAT com o Instituto Cidades Sustentáveis e a Frente Nacional de Prefeitos (FNP)

Prefeitos e gestores dos municípios do CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê reuniram-se na última quarta-feira (19/10), em Arujá, para início das oficinas do Programa Cidades Sustentáveis, desenvolvido por meio de parceria com o Instituto Cidades Sustentáveis e a Frente Nacional de Prefeitos (FNP).
Nesta primeira etapa, o objetivo é sensibilizar os gestores quanto à importância do Programa que tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento sustentável das cidades, integrar as gestões municipais à uma agenda global e fortalecer a implementação das metas da Agenda 2030 e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).
Na região do CONDEMAT os municípios de Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano já são signatários do Programa. Guararema está em fase de adesão.
“Nossa região está aderindo em bloco a implementação desta agenda que trará impactos positivos para os municípios, tanto dentro das administrações, possibilitando o mapeamento de indicadores e realização de planejamentos estratégicos, como para a população, com o desenvolvimento sustentável e efetividade no uso dos recursos públicos”, disse o presidente do CONDEMAT e prefeito de Guarulhos, Guti.
O encontro, que contou com a presença de gestores das áreas de Assistência Social, Educação, Gestão Ambiental, Planejamento Urbano e Saúde, foi realizado em duas etapas. No período da manhã a programação contou com a participação virtual do secretário de Meio Ambiente de Campinas, Rogério Menezes, que falou sobre a experiência do município, que já é signatário do programa desde 2014.
O arquiteto e urbanista Cid Blanco também participou de forma virtual e falou dos princípios norteadores do Planejamento Urbano para o desenvolvimento sustentável dos territórios.
À tarde, responsáveis pelo Programa Cidades Sustentáveis apresentaram a plataforma, bem como suas funcionalidades e base de dados que conta com 260 indicadores que permitem um diagnóstico dos municípios, como por exemplo taxa de analfabetismo, taxa de desemprego, índice de vulnerabilidade social, taxa de cobertura da rede de abastecimento de água, entre outros.
A coordenadora do Programa, Zuleica Goulart, destacou que o trabalho de alimentação e manutenção da plataforma do Cidades Sustentáveis possibilita o planejamento estratégico e estabelecimento de metas para o fortalecimento dos ODS, além de auxiliar os municípios em diversas frentes. “Este trabalho permite que os municípios alimentem outras plataformas, bem como atenda aos questionamentos do Tribunal de Contas, que cada vez mais vem acompanhando e monitorando a implementação da agenda 2030”, disse.
A reunião contou ainda com participação de técnicos do município de Santos, onde o Programa já está consolidado e conta com uma plataforma própria com mais de mil indicadores.
Participaram do encontro o prefeito de Guarulhos e presidente do CONDEMAT, Guti; os prefeitos Luís Camargo (Arujá), José Luiz Eroles Freire (Guararema), Caio Cunha (Mogi das Cruzes), Marcia Bin (Poá) e Rodrigo Ashiuchi (Suzano); os vice-prefeitos Betinho Gil (Arujá) e Terezinha Pedroso (Santa Isabel); o secretário de Meio Ambiente de Itaquaquecetuba, José Carlos Navarro, que representou o prefeito Eduardo Boigues; o secretário de Serviços Urbanos de Santa Branca, Arthur Alvares Pimenta, que representou o prefeito Adriano Levorin, e gestores das Câmaras Técnicas de Assistência Social, Gestão Ambiental, Educação, Saúde e Planejamento Urbano.

Ecopistas
Ainda na manhã de quarta-feira (19/10) prefeitos receberam o gerente de Relações Institucionais, Caio Cunha, que fez uma apresentação dos investimentos realizados no corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, como os novos acessos de Itaquaquecetuba e do Taboão, em Mogi das Cruzes, além do projeto que prevê a iluminação de toda a Estrada de São Paulo até Mogi das Cruzes, com o objetivo de melhorar o conforto e a segurança dos usuários.

Compartilhar

Mais notícias

Polícia Civil de Arujá recupera caminhões roubados avaliados em mais de R$3 milhões

Uma denúncia anônima levou a Polícia Civil de Arujá a recuperar quatro caminhões roubados na madrugada desta quinta-feira (17). Os […]

Pré-candidato a deputado estadual, Betinho quer construir uma nova história para Arujá

Muito à vontade em seu gabinete, o vice-prefeito de Arujá, Gilberto Daniel Filho, o Betinho, recebeu a reportagem do Jornal […]

Câmara de Arujá volta a se mobilizar contra instalação de pedágio em rodovias da região

A Câmara de Arujá voltou a se mobilizar contra a instalação de praças de pedágio nas rodovias Mogi-Dutra e Mogi-Bertioga, […]

Palestra de Carlos Dias, especialista em estratégias corporativas, foi um sucesso

O Lions Clube de Arujá foi palco de um evento de destaque para empreendedores de Arujá. O especialista em estratégias […]