Arujá deve manter ritmo de crescimento e aumentar arrecadação para 2024

Dados apresentados pela Secretaria de Finanças durante audiência pública da LDO 2024 destaca aumento de PIB e geração de empregos

Arujá deve manter o ritmo de crescimento econômico registrado nos últimos anos e confirmar, mais uma vez, um aumento considerável em sua arrecadação para 2024. A expectativa é que a receita alcance R$ 593,6 milhões ou R$ 63 milhões a mais, se comparada à previsão feita para 2023.
A informação consta do projeto de Lei nº 123/2023, que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2024, e já chegou à Câmara Municipal para análise dos vereadores.
Os dados também foram apresentados pelo secretário municipal de Finanças, Caio Cesar Vieira de Araújo, durante audiência pública virtual realizada no último dia 5 de abril e transmitida pela página oficial da Prefeitura de Arujá no Facebook. Clique aqui para ver íntegra da audiência.
Durante a explanação, Caio afirmou que o PIB do Município aumentou de R$ 1,9 bilhão para R$ 7,63 bilhões no período de 2010 a 2020. “Se dividirmos esse valor pelo número de habitantes, que deve chegar a 100 mil, temos atualmente o maior PIB ‘per capita’ da região do Alto Tietê”, constatou.
Em sua avaliação “Arujá é uma locomotiva interessante” cujo desenvolvimento é impulsionado, entre outras características, pela sua localização geográfica. “Queremos manter esse crescimento e colocar a cidade entre as 50 melhores do Estado”, afirmou ao ressaltar que “as aspirações para Arujá são grandes”.
Ele ainda destacou o número de empregos formais gerados – que chegou a 29.300 postos de trabalho até fevereiro de 2023, conforme dados do Caged – e o total de empresas em atividade no Município – 10.302, sendo 80% concentradas nos setores de comércio e serviços. “Se o PIB do Brasil aumentar, conforme as projeções, também iremos crescer”, acredita Caio Araújo.

Planejamento
A LDO é um instrumento de planejamento público que trata das metas e prioridades da administração municipal para cada ano de gestão. O projeto é estruturado em sete tópicos, entre os quais, o que trata das Metas e Prioridades, das Diretrizes para elaboração e execução do Orçamento e das Despesas com Pessoal.
Dos 593,6 milhões de receita previstos para 2024, um total de R$ 539,2 milhões corresponde às receitas correntes – recursos transferidos ao Município pelos governos estadual e federal, incluído o Fundeb; R$ 175 milhões às receitas tributárias; R$ 7,6 milhões à receita de contribuição e R$ 12,4 milhões à receita patrimonial – dinheiro oriundo de aplicações financeiras.

Projetos
Dos programas e projetos apresentados pelo secretário como mais importantes para 2024, boa parte diz respeito à manutenção das secretarias e gestão de ações em andamento. A construção do Hospital Federal continua entre as prioridades da Secretaria de Saúde, por exemplo. Na Educação foi mantida a proposta de parceria com o terceiro setor para ampliação de vagas em creches e, no Meio Ambiente, o incentivo à produção dos pequenos produtores.
Todas as propostas da Prefeitura para a cidade foram distribuídas em sete eixos: Desenvolvimento Social e Humano; Economia local, dinâmica, criativa e sustentável; Governança e Desenvolvimento Institucional; Ação Local para a Saúde; Cultura, Esportes e Lazer para Sustentabilidade; Educação para Sustentabilidade e Qualidade de Vida e Mobilidade, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente.

Compartilhar

Mais notícias

PM impede roubo a Lojas Americanas de Santa Isabel

Ontem, 21 de julho, por volta das 10h25, a PM foi informada que um roubo estava em andamento nas Lojas […]

Natal Solidário: projeto da PM presenteia crianças de Santa Isabel

Cerca de 100 crianças cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Jardim Eldorado, em Santa Isabel, tiveram […]

Copa Unabat começa neste sábado em Arujá

Terá início neste sábado (15), em Arujá, o IX Torneio de Futebol Society – DME Unabat (União da Bacias do […]

Indivíduo ameaça equipe policial ao ser abordado por acender fogueira em praça pública

Na tarde da última quinta-feira (15), na Praça Maurício de Souza, em Santa Isabel, uma situação inusitada chamou a atenção […]