Loja ‘Vale Reciclar’ busca parceiros para ampliar benefícios aos munícipes

Inaugurada no início de 2022, a loja “Vale Reciclar”, do Fundo Social de Solidariedade de Arujá, demonstra a preocupação da atual gestão, não só com a questão do meio ambiente, mas também com o atendimento de pessoas em situação de vulnerabilidade. Por meio de um trabalho maciço de conscientização, visando incentivar a população a dar a destinação correta aos recicláveis gerados em casa, o Fundo Social já arrecadou cerca de 50 toneladas de materiais que, até certo momento, eram considerados inservíveis.
Situada na própria sede do Fundo de Solidariedade, na Avenida Amazonas, 743, a loja busca aumentar sua gama de produtos oferecidos. Atualmente, no local, são encontradas roupas, alimentos, materiais de limpeza e de higiene pessoal, brinquedos, entre outros. Mas, segundo a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Arujá, Clau Camargo, também é possível oferecer serviços, como, por exemplo, no caso de salões de beleza, em que é possível doar uma escova, serviços de manicure, massagens, limpeza de pele. Desta forma, o interessado trocaria o reciclável por um “voucher” cedido por uma prestadora de serviços parceira.
Ainda segundo a presidente, o comerciante ou empresário colaborador recebe um selo de sustentabilidade e outro de parceiro da loja, o que demonstra que o estabelecimento participa de projetos que buscam cuidar do ecossistema, gerando maior credibilidade no mercado e ressaltando o título de Arujá, que é conhecida por ser a Cidade Natureza.
A loja funciona também na sede do Fundo Social de Solidariedade de Arujá, localizado na avenida Amazonas, 743, Centro, e atende de segunda a sexta-feira, das 9h às 16 horas, e funciona da seguinte forma: o munícipe que quiser doar óleo de cozinha, isopor, papel, papelão, entre outros, pode levar até a loja de 1kg a 30kg de materiais recicláveis, devidamente higienizados, recebendo em troca uma moeda social chamada “Vale Verde”, que dá direito à troca por uma série de produtos disponíveis no estabelecimento.

Destaque em desenvolvimento sustentável
Segundo o Instituto Cidades Sustentáveis, pelo seu último levantamento, Arujá é a 1ª colocada, entre as cidades do Alto Tietê, no Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades (IDSC) – Brasil. O IDSC leva em conta o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).
Os objetivos estipulados pela ONU abrangem diversas áreas vitais para a estrutura de uma cidade e Arujá conta com três desses indicadores no mais alto patamar, sendo: Água Potável e Saneamento, Energias Renováveis e Acessíveis e Ação Climática.

Compartilhar

Mais notícias

Vereadores destinam 60% dos recursos das emendas impositivas à saúde

A saúde continua sendo prioridade para a Câmara de Arujá. Tanto que os vereadores destinaram 60% dos recursos das emendas […]

Sabesp faz manutenção de emergência em adutora Arujá-Itaquaquecetuba

A Sabesp informa que realiza na madrugada desta sexta-feira (manutenção emergencial em adutora na Rodovia Alberto Hinoto, 1.201, no município […]

Com 65% das demandas solucionadas, Procon em Arujá completa um ano e pode ganhar sede própria ainda em 2023

Com mais de 1,4 mil atendimentos realizados, o Procon completou um ano em Arujá na última quarta-feira (28). A data […]

Jovem de Arujá diagnosticada com deficiência intelectual brilha no mundo do Badminton

Pamela Gomes Ferreira, uma jovem matriculada na APAE de Arujá e integrante do Programa da Assistência Social “Preparar para Incluir”, […]